A meditação da hora de dormir ajuda no sono?

A meditação tem ganhado muita popularidade como uma atividade diária, como escovar os dentes, tomar banho e navegar nas redes sociais. Esse costume introspectivo tem muitos benefícios, mas a meditação na hora de dormir ajuda com o sono? Encontre a resposta e muitos outros fatos interessantes abaixo.

Os cientistas têm prestado atenção a essa prática há quase uma década. Seus estudos mostram que a atenção plena tem a capacidade de mudar o funcionamento do cérebro. Com a prática diária da meditação, você pode ficar mais calmo, sentir mais empatia e ser capaz de lidar com situações inesperadas com o coração aberto.

Estudos mostram que a meditação ajuda com a massa cinzenta do cérebro. No córtex frontal, está associado à memória e à tomada de decisões. À medida que envelhecemos, nosso córtex fica menor, mas você pode mudar isso com a ajuda de uma prática diária de autoexame. As mudanças podem ser vistas já em oito semanas porque, como se constatou, o cérebro pode ser flexível.

Pesquisas mostram que o simples ato de respirar e prestar atenção em como seu corpo toca o chão, como o ar entra e sai de seu corpo, quais odores estão no ambiente e quais camadas de sons penetram em seus pensamentos podem diminuir o estresse e a depressão, a ansiedade, dor e insônia, especialmente à medida que envelhecemos.

O que é meditação?

Meditação é o tempo que você dedica a si mesmo voltando para dentro. É uma técnica usada junto com a ioga e tem tudo a ver com a respiração e o pensamento consciente para desenvolver o seu inconsciente. Tem menos a ver com posições de lótus, almofadas, aromas, sons e roupas soltas, embora ajudem.

Existem muitos tipos de técnicas de pranayama. Existe uma meditação básica em que você se senta com as costas retas e começa a respirar, mudando seu foco de como os pulmões se expandem a cada respiração e menos nos pensamentos. Existem também meditações musicais, meditações guiadas, meditações de mantra, práticas de meditação transcendental e rotinas que envolvem movimento.

Por que dormir é importante?

À medida que envelhecemos, os estudos mostram que carregamos conosco muitos problemas de sono. Muitos adultos têm dificuldade em adormecer, outros permanecem assim. Os participantes da trilha atestam que a insônia vem com níveis elevados de fadiga, distúrbios do humor, sintomas depressivos e redução da qualidade de vida. Seus tratamentos recomendados geralmente são farmacoterapia.

Se você está tendo problemas para dormir, é porque está pensando em ações passadas ou tarefas futuras. Você está inquieto e não está ciente do momento presente. A meditação na hora de dormir nos ajuda a ficar menos mentalmente. Com a ajuda da respiração e da cama, permite-nos cair para uma noite repousante.

A meditação ajuda com o sono?

A meditação consciente atenua as respostas automáticas ao nosso sistema nervoso. Ao reduzir a excitação no cérebro, você pode tratar a insônia ou outros problemas de saúde de forma natural, sem medicamentos. A meditação reduz a pressão arterial e isso tem um grande impacto em seu corpo.

Se você está tendo problemas para adormecer, já se passaram mais de 20 minutos, pratique a meditação e verá que, aprendendo a respirar ou contar, você adormecerá em um piscar de olhos. E quando você vai dormir com a mente tranquila, você a deixa recarregar e tem o melhor descanso que existe.

A pesquisa sugere que você se sentirá mais relaxado e isso se traduz em um foco melhor e em fazer escolhas mais inteligentes ao longo do dia. Você vai se sentir mais energizado para trabalhar e se exercitar, vai escolher as melhores refeições e vai querer se socializar e compartilhar sua prática. A meditação da hora de dormir ajuda você a dormir melhor e também a perder peso.

Os prós e contras da meditação

Um grande benefício dessa técnica de relaxamento profundo é que ela é segura e gratuita. Tudo que você precisa é de você mesmo e de alguma orientação para começar a prática que o ajudará a assumir o controle de seu cérebro sobrecarregado. Outra vantagem da meditação é que não há efeitos colaterais.

Muitas pessoas evitam a meditação porque pensam que não podem ficar paradas. Existem muitos tipos de práticas de meditação que envolvem movimentos leves , como o tai chi. Os movimentos ajudam a acalmar as dores do corpo e a respiração ajuda a concentrar o cérebro. Você se sentirá energizado e relaxado, apenas faça isso pelo menos uma hora antes de dormir, para ter tempo para se acomodar.

Tai chi ou qi gong são práticas antigas da mente e do corpo que começaram na China, mas estão conquistando o mundo aos poucos. A maior vantagem dessas práticas é que elas são fáceis para o corpo e podem ser feitas por crianças e avós. Ao alongar o corpo , junto com a respiração consciente, você liberará ácido láctico e toxinas dos músculos, o que o ajudará a dormir mais rápido.

Para meditar com sucesso, você precisa ter o coração e a mente abertos. Você também precisa entender que a mudança não acontece da noite para o dia e que alguns dias são melhores do que outros. Ontem você podia praticar por 30 minutos, mas hoje você está folheando mentalmente as listas de tarefas e só consegue fazer 5 minutos.

Isso é ótimo! O importante é desenvolver uma rotina. Pratique todos os dias, ao mesmo tempo, mesmo que não possa fazê-lo com a mesma duração. A consistência é essencial neste tratamento. Se você quiser fazer isso deitado, siga sua rotina noturna – areje o ambiente, feche as cortinas, tome um banho, vista roupas confortáveis, diminua as luzes e acomode-se.

Tipos de meditação na hora de dormir

Existem muitos tipos de meditação antes de dormir que você pode praticar. Você tem que testar todos eles e ver qual você gosta mais e se encaixa no seu cérebro. Mas tenha em mente que à noite você tem que deixar ir em vez de se concentrar em técnicas complicadas ou instruções estritas. Você pode até praticar essas etapas se acordar durante a noite e não conseguir voltar a dormir ou emparelhado com alguns movimentos de ioga de alongamento.

  • A respiração consciente concentra-se em como a respiração move seu corpo, seja os pulmões ou a barriga, depende de para onde você deseja redirecionar sua energia. Você também pode notar o ar fluindo ao redor de sua boca ou nariz.
  • Meditação guiada é deixar seu cérebro se concentrar na música, enquanto o corpo pratica a mesma técnica acima. Você também pode ouvir alguém falar.
  • A meditação da gratidão é uma técnica que envolve ter pensamentos positivos sobre si mesmo e você pode até usar um mantra “Eu sou forte”, “Eu sou bonito”, “Estou em paz”, repetidamente.
  • Contar meditação é ótimo para iniciantes, você conta na inspiração e depois na expiração até chegar a 10 e aí você começa de novo. Você também pode respirar por 3 contagens e depois expirar por 3 contagens se a primeira prática for muito monótona para você.
  • A meditação relaxante é boa se você já tentou o resto e precisa de algo extra. Concentre-se em um lugar que você ama – na praia, na grama ou no topo de uma montanha – e sinta com todos os seus sentidos. Sinta o cheiro do mar, ouça o chilrear dos pássaros, sinta a grama fria, brinque com sua imaginação.
  • A mediação compassiva é quando você presta atenção aos seus sentimentos e tenta se compreender e começar a curar. Você pode até chorar. Você pode até meditar sobre uma pessoa amada e como ela o magoou, mas você aceita como está se sentindo, perdoa essa pessoa e a deixa ir com amor.
  • A meditação de varredura corporal é ótima para pessoas inquietas que precisam de um pouco mais de foco. Você presta atenção em diferentes partes do corpo, da cabeça aos pés, e redireciona a respiração para lá sem se mover. Observe qualquer dor, rigidez ou até mesmo calor; observe e siga em frente, não o rotule. Se o corpo não faz isso por você, você pode tentar refazer o seu dia.

Como começar a meditar?

No início, você pode achar difícil dedicar 30-40 minutos a esse ato, mas pode começar devagar. Faça isso por uma semana por 1-5 minutos e depois comece a aumentar sua prática. Você também pode se motivar iniciando um desafio de 30 dias. Faça-o à mesma hora todos os dias, de manhã, durante a hora do almoço ou à noite, antes de dormir.

Para começar, deite-se de costas, os pés afastados do quadril e com as mãos apoiadas suavemente na barriga, sinta a respiração. Você também pode notar o ar ao redor do nariz e da boca, se a seção do meio não estiver ajudando. A meditação oferece muita liberdade para brincar, portanto, aproveite-a.

Os pensamentos sempre virão para você, o que importa é como você reage a eles. Não se estresse, não julgue e rotule, reconheça-os e deixe-os ir. Pense em pensamentos como carros passando quando você está andando na estrada. Comece novamente de onde parou, seja contando ou acompanhando a respiração pelo corpo. Não se repreenda por não conseguir fazer isso. Você já está no meio do caminho, você apareceu. Namaste!

Alguns aplicativos e canais para ajudá-lo a começar são:

Dr. Ángel Barba Vélez

O especialista Dr. Angel Barba, possui vasta experiência em Angiologia e Cirurgia Vascular. Tem o conhecimento necessário para prestar um serviço da mais alta qualidade e centenas de pacientes satisfeitos garantem. A formação e currículo profissional do Dr. Barba é muito extensa, e o destaque são mais de 200 apresentações, publicações. participação em congressos e conferências, além de inúmeros prêmios e cargos em diferentes organizações que confiaram em sua sabedoria e experiência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *