9 dicas para ajudar a quebrar o colchão de espuma de memória

A principal atração de uma cama de espuma com memória para a maioria dos compradores é a capacidade de se ajustar à estrutura, moldando seu conteúdo para combinar com seu corpo e dando-lhe um abraço durante a noite.

Portanto, para os não iniciados, você pode ficar surpreso ao descobrir que seu novo colchão de espuma com memória pode apresentar uma sensação muito diferente da imagem esperada na primeira experiência.

É bastante comum que as novas camas de espuma com memória não “pareçam bem” e tragam uma sensação mais firme e menos conformada do que a típica desse tipo de colchão. Para agravar ainda mais o problema, especialmente para novos usuários, é que sua nova cama parece significativamente mais firme do que o colchão de amostra que eles experimentaram na loja.

Essa discrepância decorre do fato de que as camas de espuma com memória requerem um período de amaciamento. Como acontece com muitos outros tipos de materiais, a espuma desses colchões normalmente leva algum tempo para se descomprimir e amolecer antes de se igualar à sensação de espuma viscoelástica que todos nós amamos.

No entanto, uma razão crítica pela qual compramos novas camas é para conseguir um sono melhor e mais repousante. Portanto, você não deve ter que lidar com períodos prolongados de sono abaixo da média enquanto sua cama “invade”.

Com essas dicas simples, você pode acelerar esse processo e ter sua cama preparada para um sono excelente em nenhum momento.

Dicas para ajudar a quebrar o colchão de espuma de memória

Nº 1: Aplicar alguma pressão na superfície

Quando se trata de quebrar o colchão, quando você dorme nele durante a noite, seu quadro faz a maior parte do trabalho pesado, aplicando a pressão necessária para amolecer as camadas de espuma. No entanto, você pode ajudar nesse processo, deitando-se na cama ainda mais rápido, utilizando alguns truques que simulam a pressão que você aplica durante o sono.

Primeiro, você pode ajudar a amolecer o colchão caminhando suavemente sobre ele algumas vezes ao dia. Como alternativa, se andar na cama não parecer engraçado o suficiente para você, você pode optar por engatinhar no colchão com as mãos e os joelhos.

Embora você possa se sentir desconfortável tentando essas medidas no início, descobrimos que, uma vez que você entra no cerne das coisas, pode ser bastante divertido e uma excelente maneira de fazer alguns exercícios colaterais.

No entanto, se mover-se na cama é exagero demais para você, outro truque útil é empilhar uma pilha de livros de capa dura ou caixas de sapatos cheias no colchão.

# 2: Aumente a temperatura do seu quarto

Um dos principais motivos pelos quais a espuma viscoelástica se adapta ao seu corpo é que o material é sensível à temperatura e, portanto, muda de forma em reação ao calor e à pressão do corpo.

Você pode tirar proveito dessa sensibilidade à temperatura para ajudar a quebrar sua cama de espuma com memória mais rapidamente.

Aumentar a temperatura em seu quarto em alguns graus tornará seu novo colchão de espuma de memória significativamente mais maleável e, conseqüentemente, mais suscetível à pressão de seu quadro.

No entanto, observe a troca que você fará, pois o aumento da temperatura do quarto pode afetar negativamente seu sono.

Em vez de aumentar a temperatura ambiente durante o sono, recomendamos combinar este hack com o primeiro. Aqui, você aumenta a temperatura do quarto durante o dia e, em seguida, aplica pressão no colchão caminhando, engatinhando ou empilhando uma pilha de livros sobre ele.

Com este sistema, você pode acelerar significativamente a colocação do colchão de espuma viscoelástica durante o dia, sem prejudicar seu nível de conforto e qualidade de sono à noite.

Nº 3: opte por folhas respiráveis

A quantidade de maciez e conformabilidade que você obtém com um colchão de espuma de memória depende muito da quantidade de calor que atinge a superfície de dormir. Portanto, o tipo de lençol que você usa pode afetar significativamente a rapidez com que sua cama de espuma com memória se quebra e se torna mais confortável.

Seria melhor se você optasse por lençóis extremamente respiráveis ​​para maximizar a quantidade de transferência de calor corporal e aumentar a chance de a espuma se moldar adequadamente ao seu corpo e atingir níveis máximos de conforto.

Uma boa faixa a ser atingida é a faixa de 350-500 fios, já que essas folhas oferecem níveis significativos de maciez e conforto sem bloquear muito o calor corporal.

Recomendação: este conjunto de lençóis 100% algodão com 400 fios da California Design Den oferece uma camada leve e respirável que permite que todo o calor do corpo passe para o colchão de espuma com memória mais rápido.

# 4: Selecione o protetor de colchão certo

Escolher o protetor de colchão certo também pode afetar significativamente a sensação do seu novo colchão de espuma de memória.

Dependendo do material, o protetor de colchão pode ajudar ou atrapalhar seus esforços com a nova cama. Um protetor feito de um tecido altamente isolante permitirá que apenas o calor mínimo passe. Portanto, o que você quer é um protetor leve que permita a entrada de tanto calor quanto possível.

Outro parâmetro importante que você deve considerar é a elasticidade do protetor de colchão.

Uma capa super elástica ajuda a maximizar a conformabilidade do colchão, uma vez que não restringe a forma da espuma. Portanto, você pode notar uma diminuição significativa na firmeza do novo colchão ao adquirir um protetor mais elástico.

O uso de lençóis bem ajustados pode ter o mesmo efeito de compactação na espuma viscoelástica que os protetores de colchão não elásticos. Ambas as opções podem contrair a espuma e reduzir sua conformabilidade, o que pode aumentar a firmeza geral da cama. Com lençóis ajustados, é melhor optar por um que tenha pelo menos uma polegada de folga em relação à altura do seu novo colchão.

Recomendação: O protetor de colchão Slumber Cloud Dryline é um protetor de colchão leve que pode caber em colchões com altura de até 16 polegadas.

Nº 5: Use uma base de cama específica da marca

Certifique-se de ter uma estrutura de cama ou tipo de base recomendado pelo fabricante do colchão para garantir a compatibilidade e a melhor experiência possível.

Com algumas opções fora da marca, você pode experimentar alguns deslizamentos do colchão. Ter uma cama instável pode alterar significativamente a sensação do colchão, já que as camas de espuma viscoelástica normalmente mantêm um nível de firmeza uniforme quando combinadas com um sistema de suporte não flexível.

Leia também:  Box Spring Vs Platform Vs Foundation (qual devo escolher)

# 6: Use um protetor de colchão

Um truque que evita o esforço nas costas daquelas primeiras noites em um novo colchão de espuma de memória é optar por um protetor de colchão. Um protetor de colchão é uma colcha macia e de alta conformação que você pode colocar em sua cama para maior conforto.

Esses protetores de colchão – que geralmente apresentam espuma viscoelástica com infusão de gel podem fornecer o substituto de conforto muito necessário para sua cama nua durante o período de adaptação.

No entanto, é essencial observar que um topper protege a cama de uma parte considerável de seu peso e, portanto, retarda significativamente o processo de amaciamento e estende o tempo necessário.

Quanto mais grosso for o chapéu, menos o calor do corpo atinge a superfície da cama de espuma com memória. Um topper mais espesso também faz o colchão parecer mais firme enquanto a menor quantidade de calor que entra na espuma se traduz em uma conformação mínima.

Com essas compensações, usar um topper pode significar que você potencialmente impede o processo de invasão.

O truque é combinar esta dica com a dica 1 para obter a eficácia máxima. Aqui, você usa um topper enquanto dorme para maior conforto e para evitar toda a tensão potencial em seu corpo durante o período de amaciamento, em seguida, aplica pressão na cama durante o dia para ajudar no processo de amaciamento.

Assim que a cama for confortável o suficiente para dormir sem causar muito desconforto, você pode tirar a capa para quebrar completamente a cama.

Para as pessoas que não conhecem a espuma viscoelástica, você também pode obter uma cartola fina de outro material, como látex ou lã. Essa camada pode adicionar uma sensação diferente e mais confortável sem bloquear muito o calor do corpo.

Leia também:  Almofada de colchão, Topper ou Protetor: Qual é o melhor para mim?

# 7: Durma de forma consistente

As primeiras noites em sua cama de espuma com memória podem ser difíceis. Durante esse período, o colchão geralmente parece muito firme e, portanto, você pode acabar com vários pontos de pressão durante o sono.

Conseqüentemente, as pessoas que dormem podem facilmente desestimular o processo de arrombamento e, em vez disso, escolher dormir no sofá por uma ou duas noites. No entanto, na maioria dos casos, sua cama não se arromba e você tem que sacrificar algumas noites dormindo nela de forma consistente para mantê-la no nível certo de firmeza.

Em circunstâncias normais, dormir na cama todas as noites deve acelerar esse processo e é uma das melhores maneiras de garantir que você comece a desfrutar da cama no menor tempo possível.

Nº 8: Otimize todos os outros parâmetros

Na maioria das compras de colchões novos, costumamos nos limitar a nossos acessórios antigos, como base, lençóis e roupas de cama. Às vezes, seu desconforto com a firmeza do novo colchão pode piorar ainda mais por causa de qualquer um desses outros elementos.

Aqui, um problema comum é a base ou estrutura da sua cama, pois a plataforma muitas vezes pode afetar significativamente a sensação do colchão.

# 9: Dê um tempo

Com a maioria dos colchões de espuma de memória, dormir regularmente na cama deve ser o suficiente para quebrá-la rapidamente. Portanto, embora o período de amaciamento possa ser bastante confuso, você deve dar tempo à espuma para se ajustar ao seu quadro, encontrando consolo no fato de que você terá o seu melhor sono em pouco tempo.

Quanto tempo vai demorar?

A maioria dos colchões de espuma viscoelástica amolece o suficiente e atinge o máximo de conforto e níveis de adaptação ao corpo em 2 a 4 semanas . No entanto, algumas opções de compactação rápida atingirão esse nível de suavidade em menos de uma semana, enquanto outras ainda levarão mais de um mês.

Embora a velocidade de quebra da espuma varie de marca para marca, a maioria das camas regulares de espuma com memória amolece o suficiente em menos de um mês.

O determinante crítico da velocidade desse processo para cada colchão é sua densidade. A densidade da espuma se refere à quantidade de material empacotado em cada pé cúbico da cama. Conseqüentemente, uma densidade de espuma mais alta significa que a estrutura mais apertada se desenrolará mais lentamente e levará mais tempo para atingir sua extensibilidade total.

Conseqüentemente, a espuma de alta densidade exigirá muito mais tempo de quebra, com as espumas mais densas levando até 60 dias para se esticar completamente.

Por outro lado, um colchão de espuma de densidade ultra baixa quebrará já na primeira noite, mas pode resultar em afundamento excessivo e problemas de durabilidade no futuro.

O período de amaciamento torna um período de teste especialmente importante com colchões de espuma de memória.

Pode levar pelo menos um mês para que o colchão se ajuste totalmente à sua estrutura e, como resultado, você deve garantir que a sua escolha de colchão tenha um período de teste compassivo para permitir que você tenha certeza de que a cama se encaixa perfeitamente.

E se sua cama de espuma de memória nunca quebrar?

Como acontece com sapatos novos, com colchões de espuma viscoelástica, muitas vezes há um período de ajuste antes de atingir os níveis máximos de conforto. No entanto, e se sua cama nunca atingir esse nível de conforto?

Em primeiro lugar, certifique-se de que está com a cama até o tempo mínimo recomendado pelo fabricante. Se você ultrapassou significativamente esse período estipulado, é provável que este colchão não seja uma boa opção para você, e você deve considerar entrar em contato com a empresa para devolver ou trocar a cama.

Muitas marcas de colchões oferecem vários modelos com diversos tipos de materiais e níveis de firmeza. Freqüentemente, você encontrará uma alternativa da mesma marca que corresponda melhor às suas preferências de firmeza.

A maioria dos fabricantes norte-americanos ficará feliz em trocar sua cama por outra opção de sua linha, geralmente sem nenhum custo extra.

perguntas frequentes

Por que preciso quebrar meu colchão de espuma de memória?

As camas de espuma viscoelástica requerem uma aplicação consistente de pressão para atingir os níveis ideais de firmeza e o potencial máximo de contorno.

Meu novo colchão é muito firme?

Um sinal de alerta de que sua cama pode estar muito firme é acordar com dormência excessiva ou dor nos ombros, quadris ou braços. Um colchão muito macio ou firme criará um aumento de pressão nos pontos de pressão e causará desconforto.

Portanto, recomendamos um colchão de média firmeza para a maioria das famílias.

Posso sentir dores nas costas por causa de um colchão novo?

Um leve desconforto é típico de um novo colchão de espuma de memória, pois a cama requer algum tempo para ser totalmente quebrada. No entanto, a dor excessiva, especialmente nas costas, pode resultar de outros fatores do estilo de vida, como um estilo de vida excessivamente sedentário.

Dr. Ángel Barba Vélez

O especialista Dr. Angel Barba, possui vasta experiência em Angiologia e Cirurgia Vascular. Tem o conhecimento necessário para prestar um serviço da mais alta qualidade e centenas de pacientes satisfeitos garantem. A formação e currículo profissional do Dr. Barba é muito extensa, e o destaque são mais de 200 apresentações, publicações. participação em congressos e conferências, além de inúmeros prêmios e cargos em diferentes organizações que confiaram em sua sabedoria e experiência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *