É necessário um umidificador CPAP?

Ao adquirir uma nova máquina de CPAP, como paciente, você não pode deixar de se perguntar quais são as peças essenciais, e você realmente precisa pagar a mais por uma máquina com umidificador. Claro, você pode querer que sua máquina funcione com o mínimo de peças possível, mas a necessidade de um umidificador não deve ser questionada.

Por que, você se pergunta; Bem, vamos apenas dizer que, sem um umidificador, você também pode parar de usar sua máquina de CPAP porque a resposta é a ineficácia. Assim, nos parágrafos a seguir, veremos por que é necessário ter um umidificador CPAP e em quais casos você pode ficar sem ele. Vamos começar!

O que é um umidificador CPAP?

As máquinas CPAP podem ter um umidificador, mas não precisam. Os pacientes sempre têm a opção de comprar um umidificador, o que significa que não é necessário ou essencial ter um umidificador. No entanto, um umidificador CPAP é um pequeno dispositivo projetado para melhorar a eficácia de sua máquina CPAP e a terapia geral. Proporciona alívio imediato na respiração e elimina vários desconfortos que surgem com o uso do CPAP.

Os umidificadores CPAP são projetados para regular a umidade do ar que você está respirando. Com isso, eles também evitam inúmeros efeitos colaterais que aparecem em pessoas que evitam usar um umidificador. Os umidificadores também são projetados para serem facilmente manuseados e usados; normalmente, tudo o que você precisa fazer é ajustar as configurações (via dial ou botão) de acordo com suas preferências e desfrutar do alívio imediato.

Tipos de umidificadores CPAP

Os umidificadores CPAP vêm em diferentes formas e formatos, cada um projetado para atender às necessidades e preferências dos pacientes. Aqui estão os principais tipos de umidificadores CPAP;

  • Umidificadores embutidos – esses umidificadores já vêm integrados na máquina CPAP. A câmara do umidificador pode ser removida da máquina para ser limpa e, em seguida, reconectada. Se você não tem muito espaço à sua disposição e não quer mais confusão em torno de sua máquina de CPAP do que o necessário, então as máquinas de CPAP com umidificadores integrados são para você.
  • Umidificadores autônomos – esses umidificadores são projetados para funcionar com diferentes máquinas CPAP. Eles têm seus próprios cabos de alimentação e um tubo de conexão, para garantir um melhor ajuste para sua máquina de CPAP.
  • Umidificadores integrados – esses umidificadores são projetados para caber apenas em máquinas CPAP específicas. Eles não podem ser conectados a uma máquina CPAP que tenha um umidificador embutido ou câmara de água.
  • Umidificadores aquecidos – esses umidificadores aquecem o sistema de tubulação para fornecer umidade quente ao ar que você respira. Um umidificador aquecido não altera a temperatura da água na câmara, apenas a temperatura e a umidade do ar. Pacientes com mais de 60 anos têm 5 vezes mais probabilidade de precisar de um umidificador aquecido para sua terapia.
  • Umidificadores de Páscoa – esses umidificadores fornecem ar úmido usando a água da câmara de água para adicionar umidade. Não há aquecimento com umidificador de Páscoa, apenas resfriamento do ar usando a água em temperatura ambiente. Umidificadores de Páscoa são maiores do que as outras unidades regulares.

Vantagens de usar um umidificador CPAP

Para entender por que é melhor usar um umidificador do que ficar sem ele, precisamos dar uma olhada em todas as vantagens e problemas que um umidificador resolve;

  • Previne a congestão e irritação nasal – sem um umidificador, o ar da máquina de CPAP fica seco e tem maior probabilidade de carregar sujeira, bactérias e outras partículas prejudiciais. Isso geralmente resulta na respiração de ar seco e contaminado, o que leva à congestão, irritação, secura e queimação das vias nasais. Freqüentemente, também pode haver sangramento nasal e coriza persistente. Portanto, com um umidificador, você pode dizer adeus à congestão e aos problemas nasais, para sempre.
  • Previne infecção dos seios da face e da garganta – porque o ar seco tende a causar irritação, inflamação dos seios da face e infecções da garganta ocorrem com frequência com CPAPs sem umidificador. O ar que você respira do CPAP precisa de um pouco de umidade para se parecer com o ar natural, e é isso que um umidificador ajuda a conseguir.
  • Evita boca seca – respirar ar seco durante a terapia com CPAP pode secar a boca completamente. Isso pode causar um gosto estranho na boca, bem como garganta inflamada e infecção na garganta. A umidade do ar pode impedir que essas coisas aconteçam.
  • Outras coisas que um umidificador pode prevenir ; espirros, muco, inchaço da garganta e das vias nasais, entupimento, sintomas de resfriado frequentes e persistentes, desconforto de alergia sazonal, etc.

Nota : Com ou sem um umidificador, se sua máscara CPAP não se ajustar adequadamente ao seu rosto, o ar não fará muita coisa. É imprescindível o uso de máscara facial em casos de entupimento e congestão para que se possa respirar pela boca em vez do nariz. Por outro lado, se você sentir boca seca e infecções freqüentes na garganta, considere o uso de uma máscara nasal.

Desvantagens de usar um umidificador CPAP

Um umidificador CPAP requer limpeza regular , caso contrário, ele pode se tornar um terreno fértil para bactérias, microorganismos, mofo e outras partículas prejudiciais. Isso pode resultar na respiração de ar contaminado, o que pode contribuir para todas as infecções e inflamações que um umidificador evitaria. Por exemplo, um umidificador sujo pode causar;

  • Pneumonia – um umidificador sujo pode aumentar o risco de desenvolver pneumonia, devido ao ar contaminado por bactérias. O ar contaminado entra primeiro no sistema de vias aéreas, infecta-o e, em seguida, a infecção continua nos pulmões, causando pneumonia e os sintomas que a acompanham.
  • Pneumonite – um umidificador sujo também pode resultar em uma doença imunológica conhecida como pneumonite de hipersensibilidade . Esta doença é causada pela bactéria do ar contaminado, geralmente resultado de um umidificador sujo e tubulação suja. A doença se manifesta como inflamação do tecido pulmonar, que pode ser potencialmente fatal.
  • Ataques de asma – os pacientes com apneia do sono juntamente com asma podem ter ataques de asma frequentes se usarem um umidificador CPAP sujo. O ar contaminado do umidificador pode desencadear ataques de asma e sintomas frequentes de asma.

Portanto, podemos concluir que os umidificadores CPAP requerem limpeza regular. Essa pode ser uma obrigação adicional para pacientes com apnéia do sono, que podem achar isso irritante e muito incômodo. Para pacientes mais velhos com apnéia do sono, isso pode representar um problema especialmente.

Observação : um umidificador CPAP e a câmara de água precisam ser esvaziados todos os dias e bem lavados para a próxima sessão de terapia. A câmara de água deve ser substituída a cada 6 meses. Sem limpeza, os pacientes correm o risco de desenvolver vários problemas de saúde e arriscam o funcionamento e a durabilidade de toda a máquina de CPAP.

Quem deve usar um umidificador CPAP?

Aqui está uma lista rápida de todas as pessoas que devem encontrar um umidificador CPAP necessário;

  • Pacientes idosos ou pacientes com mais de 60 anos
  • Pacientes que usam medicamentos prescritos
  • Pacientes com doença crônica da mucosa
  • Pacientes com sintomas persistentes de resfriado, espirros ou gotejamento pós-nasal
  • Pacientes que tiveram sua úvula removida
  • Pacientes que apresentam congestão, boca seca, coriza e nariz entupido como resultado da terapia com CPAP
  • Pacientes que preferem dormir em um quarto mais frio (devido à condensação)

Quem NÃO deve usar um umidificador CPAP?

  • Pacientes que viajam com frequência e usam dispositivos de CPAP adequados para viagens ou portáteis
  • Pacientes que já vivem em um ambiente úmido
  • Pacientes que são usuários de CPAP de longa data
  • Pacientes que não apresentam problemas de mucosa ou não têm alergias

Como você deve cuidar do seu umidificador CPAP?

Aqui estão algumas dicas e recomendações para ajudá-lo a cuidar do seu umidificador CPAP e evitar que ele cause problemas de saúde;

  • Limpe-o regularmente – para evitar que o umidificador se torne um criadouro de bactérias e mofo, certifique-se de limpá-lo regularmente. Você pode usar dispositivos de limpeza CPAP ou pode lavar o umidificador em água morna e sabão. Se você lavar a unidade manualmente, certifique-se de enxaguá-la bem e deixá-la secar ao ar. Seu umidificador deve ser limpo após cada sessão de terapia.
  • Encha-o com água – para que o umidificador funcione corretamente e dure a noite toda, você precisa reabastecê-lo regularmente com água destilada, esterilizada ou engarrafada. Se o seu umidificador usar toda a água antes do término da terapia, certifique-se de diminuir as configurações de aquecimento.
  • Não use a água restante – depois de terminar a terapia, certifique-se de esvaziar a água restante. Essa rotina garantirá a remoção da água possivelmente contaminada da câmara e evitará que ela contamine o umidificador e o restante do equipamento.

Portanto, é necessário um umidificador CPAP?

Definitivamente pensamos que é. A menos que você já more em uma área úmida e geralmente não precise de um umidificador, recomendamos o uso de um. Umidificadores CPAP fornecem alívio, previnem problemas de saúde e tornam a terapia CPAP mais eficaz.

A umidificação aquecida à noite é a maneira mais eficaz de tratar a apnéia do sono e problemas respiratórios. A razão para isso é que a umidade mantém as vias nasais e a garganta úmidas e evita ressecamento, irritação e infecção.

Antes de obter sua prescrição de CPAP, certifique-se de discutir as opções do umidificador com seu médico e se você precisa de um em primeiro lugar. Embora pensemos que umidificadores são sempre uma opção melhor, talvez suas circunstâncias atuais não exijam um. De qualquer forma, seu médico deve ser capaz de informá-lo melhor sobre essas questões e abordar suas preocupações.

Consulte Mais informação:

Dr. Ángel Barba Vélez

O especialista Dr. Angel Barba, possui vasta experiência em Angiologia e Cirurgia Vascular. Tem o conhecimento necessário para prestar um serviço da mais alta qualidade e centenas de pacientes satisfeitos garantem. A formação e currículo profissional do Dr. Barba é muito extensa, e o destaque são mais de 200 apresentações, publicações. participação em congressos e conferências, além de inúmeros prêmios e cargos em diferentes organizações que confiaram em sua sabedoria e experiência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *